sexta-feira, 22 de março de 2013

O Massacre da Serra Elétrica

O terror é um dos meus gêneros favoritos de filmes, mas a verdade é que pouca coisa feita nos últimos anos tem agradado. Se fizermos uma lista das produções mais marcantes, poucos títulos terão menos do que vinte anos de idade.
Apesar de ser mais perturbador do que assustador, é fato que O Massacre da Serra Elétrica (1974) é um marco que inspirou, décadas depois, franquias como O Albergue e Viagem Maldita. É possível que até mesmo Sexta-Feira 13 tenha bebido um pouco da fonte de "O Massacre", mas nunca ouvi nada a respeito disso.
De baixo orçamento, ao contrário do que muita gente acredita, O Massacre da Serra Elétrica não foi baseado em fatos reais. No máximo, o diretor Tobe Hopper se inspirou no psicopata Ed Gein - que também serviu de inspiração para Norman Bates, de Psicose (1960).
O roteiro é simplório, mas o filme mais impressiona (nem tanto) pela violência e pelas, digamos, tomadas nojentas. Poucos são os sustos gratuitos (exceto na primeira aparição de Leatherface, simples e quase genial) e a atmosfera que ronda a história é de completa insanidade - mesmo os personagens "normais" são perturbadores, sobretudo o cara da cadeira de rodas (a verdade é que dá um pouco de alívio quando Leatherface o estripa com a serra elétrica, perdoe que eu diga isso).
Cinco jovens, visitando o lugar onde um deles morava na infância, agora abandonada cruzam o caminho de uma família de açougueiros canibais que vive na casa do terreno ao lado. Nada de fantasmas, demônios ou aspectos sobrenaturais: os vilões de O Massacre da Serra Elétrica são tão humanos quanto qualquer um de nós, exceto, é claro, pelo seu estado mental.

Tudo nesse filme causa nojo: os mocinhos - adolescentes, pra variar - os cenários, o clima quente do Texas, a casa dos canibais, Leatherface e até um pseudo herói que aparece nos últimos minutos do longa. Medo não causa, mas é difícil não ficar perturbado vendo esse clássico do terror.

Teve três sequências (em 1986, 1990 e 1994), um remake (2003) e um "o início" (2006, estrelado pela gos... hmmm, gracinha da Jordana Brewster). Apesar de não ser nenhum Hannibal Lecter ou Jason Voorhees, Leatherface está entre os maiores astros dos filmes de terror de todos os tempos.
The Texas Chain Saw Massacre (1974) - trailer

Nenhum comentário: