quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Recruta

Quem acompanha isso aqui sabe que não é segredo nenhum que Al Pacino é um dos meus cinco atores favoritos. Contudo, diferente de boa parte das pessoas que são fãs de qualquer coisa, não coloco o trabalho do sujeito em um pedestal ou algo do tipo. Não sou daqueles que pensa "Ah, se é com o Pacino, então é um puta filme". Na área das artes cênicas dificilmente o profissional tem sempre trabalhos impecáveis. Às vezes, mesmo os melhores atores fazem filmes - ou peças de teatro, ou comerciais, ou o que quer que seja - de qualidade questionável. Nem mesmo artistas promissores que morrem cedo escapam disso.
No caso de Pacino, que tem a minha adoração por filmes como a trilogia d'O Poderoso Chefão, Perfume de Mulher e Fogo Contra Fogo, as pérolas (no mau sentido) podem ser exemplificadas por Tudo Por Dinheiro - filme tão ruim que sequer consegui ver até o final - e o pior de todos, As Duas Faces da Lei (que foi uma frustrada e constrangedora tentativa de reunir novamente Pacino e De Niro, depois do épico Fogo Contra Fogo).
Collin Farrell
De qualquer forma, também há os filmes que ficam no meio termo. Nem se tornam superclássicos do cinema e nem decepcionam quando vistos unicamente com a pretensão de se passar uma tarde de um dia de folga. No caso de Pacino, podemos citar Scarface, Vítimas de Uma Paixão ou Advogado do Diabo.
Outro filme que pode facilmente entrar nessa "categoria" de filmes bons que não são ótimos é O Novato (The Recruit, 2003), em que Pacino contracena com Collin Farrell - outro que não é ruim e nem fora-de-série. Nesse filme, na verdade o protagonista é Farrell, que interpreta o programador de computador James Clayton que, devido ao seu talento, é convocado a treinar na CIA para se tornar um espião. Pacino interpreta Walter Burke,  o instrutor e que se diz um especialista em encontrar novos talentos.
Al Pacino
Depois de desenvolver certo interesse por uma colega de turma, Clayton é eliminado da seleção para, em seguida, ser recrutado secretamente por Burke para cumprir uma missão: desmascarar uma espiã inimiga infiltrada dentro da Companhia de Inteligência Americana. A questão principal é que a espiã é justamente a garota pela qual Clayton se interessou - vivida pela gracinha da Bridget Moynahan.
Como todo bom suspense de espionagem, O Novato é daqueles em que se deve prestar atenção nos detalhes. Nada é o que parece. O final, se não chega a ser genial, é bastante inteligente para um filme comum.
Recomendo.

O Novato - trailer

Nenhum comentário: